Múltiplos objetivos ajudam à realização

A esmagadora maioria dos profissionais ambiciona uma carreira bem sucedia, satisfatória e reconhecida. Mas o sucesso na carreira nem sempre é sinónimo de felicidade.

Quando se consegue uma promoção, um aumento, uma progressão na carreira há uma grande sensação de concretização da qual se deveria estar orgulhoso. O problema é que esta realização não implica felicidade – pelo menos não a longo prazo. Mas esta é uma mensagem sobre a qual há muito desconhecimento. Porque nos é incutido que trabalho duro e realização proporcionam uma vida feliz.

Relações

Os feitos trazem também consequências que podem ser muitas vezes inesperadas. Por exemplo, os estudantes que têm a ambição de ser gestores e que depois percebem que é muito diferente do que tinham pensado e que poderão não sequer gostar. E isto é válido para a maioria das profissões com maior visibilidade. E, de facto, alcançar alguma coisa, seja um prémio ou uma promoção, não garante felicidade.

O principal aferidor de felicidade é a qualidade do tempo despendido com as pessoas de quem se gosta e que gostam de nós. Por outras palavras, relações. O World Hapiness Report, elaborado pela ONU, revela que a cooperação e a comunidade poderão ser, nas sociedades desenvolvidas, mais importantes para a felicidade do que o rendimento e outras métricas. Só que o salário faz diferença. Não há felicidade em passar dificuldades. Mas depois das necessidades básicas estarem satisfeitas, o rendimento deixa de ter correlação com a felicidade.

Objetivos

Se as relações trazem felicidade, o facto de muitos negligenciarem as relações em prol das carreiras de sucesso podem esmagar a felicidade. O foco numa carreira em detrimento, por exemplo, de um casamento, pode, no limite, dar origem a solidão. Mas não significa que nos devamos contentar com uma vida de mediocridade ou falta de ambição profissional. Precisamos de objetivos e de pensar sobre o futuro. Propósito e significado podem gerar satisfação, que fazem parte da equação da felicidade.

Os especialistas recomendam que se definam múltiplos objetivos simultâneos, tanto na vida profissional como fora dela. O foco num único propósito retirando tudo o resto do calendário pode ser problemático, mesmo que tudo o resto seja apenas passar mais tempo com os amigos.

Realização

A Neves de Almeida HR Consulting disponibiliza um conjunto de serviços que permite a avaliação individual, recolhendo informação detalhada e garantindo uma análise completa de cada indivíduo. Um método que pode ser usado em diversas situações, como por exemplo a definição e a orientação para múltiplos objetivos de carreira e ajudar as pessoas a serem mais realizadas implementando metodologias e boas práticas de Gestão de Talento.

As pessoas que tenham atividades que as deixem realizadas têm um nível geral de felicidade acima da média. Se trabalhar no duro nos faz sentir bem, ótimo. Não se deve é esperar que conseguir uma promoção ou encerrar um projeto seja um passaporte para a felicidade.