Três formas de liderar uma equipa

O principal fator de sucesso de um negócio é a dinâmica de equipa e cada pessoa, que deverá estar focada na sua atividade e função, não deverá esquecer esta dinâmica fundamental.

Por trás de cada empresa ou negócio estão equipas que definem aquilo que a empresa vai ser e até mesmo se vai prosperar ou falir. Um dos traços distintivos de uma boa liderança é atenção dedicada às pessoas e às equipas. Uma empresa distingue-se pela qualidade da dinâmica de equipa e a capacidade de liderar equipas está no centro do sucesso da gestão.

A maior parte de investigação sobre as organizações foca-se nos indivíduos ou na totalidade da empresa. Mas quando se olha para uma equipa – definida com um grupo de três a dez pessoas que trabalha em conjunto com um objetivo comum ­– tem-se uma melhor noção de como as empresas poderão atingir os seus objetivos. Uma investigação recente sobre o que torna as equipas eficazes apontou as seguintes dicas para construir e gerir boas equipas.

Propósito na Contratação e Orientação

Uma ação precipitada trai o retorno de uma estratégia deliberada; a ameaça imediata sobrepõe-se a um diálogo sobre a equipa e sobre o plano para atingir os objetivos. Parar para pensar a composição das equipas, bem como as sua operação e tarefas específicas garante o pagamento de dividendos a longo prazo.

Segundo o estudo, as equipas não devem ser construídas em torno de semelhanças ou traços comuns, devem ser diversificadas. Os seus membros devem ter formas diferentes de pensar, de experiência e métodos de trabalho. Competências diferentes. Devem-se juntar otimistas e pessimistas, quem arrisque e quem prefira a cautela, equilibrar os géneros. Ou seja, deve-se montar uma equipa em redor de atitudes e forças distintas, mas complementares. Mas a diversidade deve ser estar assente num entendimento claro do procedimento e objetivos.

A equipa tem de ter uma visão, objetivos explícitos, benchmarks estabelecidos e as responsabilidades de cada um dos membros bem definidas. Um debate sobre os objetivos deve ser acompanhado de um debate sobre o processo de forma a evitar ambiguidade e incerteza.

Reconsiderar a hierarquia

Depois de montar a equipa há que definir a estrutura. Por norma a organização é hierárquica: o gestor orienta e delega, os outros relatam o progresso. O problema da hierarquia é que a dinâmica de poder nas reuniões pode acanhar a interação, a honestidade, diminuindo os resultados.

Uma forma de contornar este problema é retirar a hierarquia durante o debriefing de um projeto. Para o conseguir há que dar oportunidade a toda a gente de falar e toda a conversa deve assentar em informação. Os dados estão acessíveis a todos e, assim, quem os tiver terá capacidade de argumentar.

Mas mudar de uma estrutura hierárquica para uma estrutura igualitária é algo que tem de ser feito com regularidade para que com a prática e a experiência esta transição se torne mais natural e faça com que o líder da equipa não seja percecionado como imprevisível.

 Aprender a ver problemas

É importante descobrir e diagnosticar problemas que se levantam dentro de uma equipa o mais cedo possível. Os problemas nas equipas podem ser visíveis nas pequenas coisas, como a decisão de onde ir almoçar. Por exemplo, alguém que não tenha sido promovido é neste tipo de situações que descarrega. Outro alerta é quando o líder da equipa pergunta uma coisa e as respostas são muito variadas. Indica a necessidade de voltar a ter uma visão coerente.

Se as pessoas deixarem de falar nas reuniões é necessário perceber porquê. Para lidarem com este problema de forma ativa, os gestores têm de ter em atenção aos pequenos pormenores e ser empáticos de forma a levar a que as pessoas falem.

Apesar de estas recomendações parecerem óbvias – construir as equipas com ponderação, agilizar a hierarquia e resolver os problemas enquanto estes ainda são pequenos – é raro serem postas em prática. Na maioria das organizações não se pensa o tempo suficiente sobre como trabalhar em equipa e assim, de facto, liderar equipas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *