Remuneração injusta condiciona satisfação dos trabalhadores

Desta vez, foi o Jornal I Online, que destacou um dos resultados mais impactantes desta edição do Índice da Excelência 2017.

Em notícia intítulada “Remuneração injusta condiciona satisfação dos trabalhadores”.

Os trabalhadores mais satisfeitos são do sexo masculino, até 25 anos e com funções de chefia. Já os menos satisfeitos são do sexo feminino, com idade entre 41 e 45 anos e sem funções de chefia.

Para ler mais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *