Inteligência Artificial vs CEOs: Quem vai sair vencedor?

Handshake of robot and man. New technologies and evolution pop art retro style. Robotics. Computers and gadgets. E-business.
(fonte: zocalopublicsquare)

O tema da Inteligência Artificial já é, há muitos anos, fantasiado nos livros e no cinema, fazendo-nos questionar o futuro do Homem vs Máquinas.

Mas antes de imaginarmos um cenário demasiado futurista e apocalíptico, há algo que já preocupa alguns de nós no que diz respeito ao impacto que a Inteligência Artificial poderá começar a ter nas organizações, já num futuro próximo.

Quando começámos a ver alguns postos de trabalho substituídos por máquinas, levantou-se a questão: será a AI capaz de substituir um CEO? É um facto que as máquinas estão cada vez mais inteligentes, e que têm um potencial tremendo para alterar o futuro das organizações e da forma como se trabalha. Ainda assim, terão um impacto tão profundo que irão levar à extinção do papel máximo da organização – o de CEO?

O autor deste artigo é da mesma opinião que alguns líderes e defende que a Inteligência Artificial vai ter um grande papel nas organizações. Contudo, no que diz respeito aos CEO, tal como em outras funções, servirá apenas como uma espécie de parceira, que permitirá automatizar certas tarefas para que possamos fundamentar tomadas de decisões e focar-nos no elemento humano.

Saiba mais sobre o tema e diga-nos qual é a sua opinião: acredita que, no futuro, a Inteligência Artificial irá substituir a equipa de gestão das organizações?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *