A “ciência” por detrás dos convites de LinkedIn

(Undercover Recruiter)
(Undercover Recruiter)

Na Neves de Almeida | HR Consulting dedicamos parte da nossa atuação ao recrutamento através da metodologia de pesquisa direta. Como tal, reconhecemos a importância do LinkedIn para um candidato que procure um novo desafio profissional.

O LinkedIn é, então, uma ferramenta que se tem afirmado no mercado e há alguns truques que permitem potenciar as suas capacidades, nomeadamente em relação aos convites que permitem aumentar os nossos contactos úteis nesta rede.

O autor deste artigo do Undercover Recruiter, que é especialista em LinkedIn, explica que, se alguém a quem enviou um pedido de contacto no LinkedIn não o aceitou passado uma semana, deve retirar esse pedido. Caso a pessoa a quem enviou o pedido indique que não o conhece, é como se o estivesse a considerar como Spam. Consequência: se receber entre 5 a 7 rejeições de pedido, a sua conta ficará restrita a novos convites.

Como tal, envie convites/pedidos de conexão no LinkedIn apenas a contactos que realmente conhece ou a quem está ligado profissionalmente. Ou, se adicionar como amigo, acrescente uma mensagem curta que explique o porquê do pedido de conexão. O importante é que evite restringir a sua conta a futuros e relevantes contactos.

Mais ainda, não se esqueça que o LinkedIn é uma ferramenta puramente profissional e deverá evitar aqui partilhar conteúdos pessoais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *