Negócios com Paixão | O estilo de Adelaide Nunes

Adelaide Nunes
Luís Lobo Henriques Photography

A moda é algo que nos acompanha desde sempre e que, em pleno século XXI, tem um peso crescente. A nossa imagem fala por nós e todos sabemos que a maneira como nos vestimos e nos apresentamos se torna o nosso “cartão de visita”. Apaixonada por moda, Adelaide Nunes decidiu começar o seu projeto a solo e ajudar as portuguesas a tirar o melhor partido possível do seu corpo e do seu rosto. Saiba mais sobre o que é ser uma Consultora Imagem, Stylist, Formadora e Personal Shopper.

1. Conte-nos a história da sua paixão. Como começou este negócio?
A minha paixão pela Moda começou no final da adolescência, pois até aí era uma autêntica Maria Rapaz. Não tinha qualquer noção, nem jeito para ser feminina. Não gostava de maquilhagem, não gostava de vestir saias nem vestidos, etc. Depois, dos 16, 17 anos tudo mudou. Passei a ver a Moda e os cuidados de imagem como algo fascinante. O fato de ter tido o privilégio de ter sido selecionada para integrar a estrutura numa multinacional como L’Oréal, foi determinante. Ainda, como formadora master da Kérastase, uma marca no pilar de Haircare e no segmento premium, onde o luxo tinha destaque, fez-se um clique. Não queria ficar apenas pelos cuidados dos cabelos, queria mais, muito mais!!! Ainda transitei um ano para a marca que tem quase dois séculos, a Kiehl’s, pois o meu objetivo era trabalhar os cuidados de Rosto e Corpo. Este negócio começou depois de ter saído da L’Oréal Portugal e ter feito o Curso de Consultoria de Imagem na Blossom Image Consulting em 2011. Comecei com o Blog (nessa altura nem sabia muito bem como “mexer” neste universo), comecei a fazer apresentações, workshops e, daí, o boca-a-boca foi surgindo. Fui uma das 3 mentoras do projecto GLOVE, que não teve sucesso e, agora estou independente e a fazer carreira individual.

2. Qual o seu maior objetivo, no seu dia-a-dia, com os clientes?
O meu maior objectivo com os clientes é, sem dúvida, poder contribuir com a Comunicação Visual e criar Identidade na Moda com cuidados globais, o “head-to-toe” como gosto de chamar. A auto-estima está muito ligada à imagem, onde o peso e o formato do corpo têm um enorme impacto na rotina dos meus clientes, pois trabalho os dois segmentos: o masculino e o feminino. E claro, deixa-los mais bonitos (as), elegantes, cheios de estilo mas nunca descaracteriza-los (las), muito na vertente “fashionistas” e não “fashion victims”.

3. Como transmite a sua paixão à sua equipa e leitores?
A minha paixão é transmitida diariamente com informação actualizada neste universo de Moda, de tendências e de adequação ao contemporâneo. Esta paixão, é também transmitida através das aulas que desenvolvo nas escolas, nas academias, nas formações para as marcas, para as empresas, nos trabalhos de styling para revistas e videoclips, mudanças de visual para a televisão, nos workshops, nas palestras, em organização de eventos, produção de moda, etc…

Para além das minhas 3 páginas de facebook, o blog, o Linkedin, o Pintetest, o Instagram, sou muito ativa e não me permito pausas. Tudo isto, é muito gratificante. As minhas clientes seguem-me diariamente e estão sempre atentas a tudo, o que deixa muito feliz.

4. Como lida com os erros/fracasso?
Tento aprender com os meus erros e seguir em frente. Uma boa noite de sono e uma boa conversa com a almofada são essenciais. Sou hoje um pessoa muito diferente (para melhor), do que era, em todos os aspectos. Corrigi o meu peso, tratei de fazer reeducação alimentar, faço exercício físico e, claro, fiz um “make-over” dos pés à cabeça, a mim mesma.
Deixei crescer o cabelo, pois usei cabelo curto, durante bastante tempo, fiz dupla cor, que se tornaram, a minha imagem de marca. Adotei um estilo mais trendy, mais casual chique, maquilho-me, o que me faz sentir ainda mais poderosa e com forte sentido de missão.

5. Qual o conselho que dá a alguém que ainda não encontrou a sua paixão?
O meu conselho é viver os dias com momentos bons, com as pessoas que gostam. Perceber quem é e quem adora, pois é por aí. Ter um “role model” é bom. Eu tive a Rachel Zoe, a Iris Apfel, as séries O Sexo e a Cidade (com a minha Carrie Bradshaw), a Mafia dos Saltos Altos, a serie Gossip Girl, entre outros. Sou feliz e grata por tudo. Aqui, faz sentido usar as minhas frases: Love my Job e Dare to?

Ficou curioso com o projecto da Adelaide Nunes de Consultora Imagem, Stylist e Personal Shopper? Saiba mais sobre os seus serviços e faça uma mudança de imagem recorrendo ao seu talento e paixão pelo que faz. Visite também o seu blog, Betweenitfashion, para as últimas notícias de moda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *